"O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor consagrou-me pela unção; enviou-me a levar a boa nova aos humildes, curar os corações doloridos, anunciar aos cativos a redenção, e aos prisioneiros a liberdade; proclamar um ano de graças da parte do Senhor, e um dia de vingança de nosso Deus; consolar todos os aflitos."
Is 61, 1-2

sábado, 12 de março de 2011

TERROR DOS DEMÔNIOS

Nossa Senhora “... Cada vez que nossas vozes rezam “Ave Maria”, o inferno ouve: a Mulher nos esmagará a cabeça! Cada vez que cantamos “cheia de graça”, o inferno imagina: para nós só resta à desgraça eterna! Cada vez que pedimos “O Senhor é convosco”, o inferno é obrigado a aceitar: Nunca mais veremos a Deus! Quando rezamos “bendita sois vós entre as mulheres”, o inferno se obriga a aceitar: seremos malditos por toda a eternidade. Perdemos a herança do céu e não voltaremos para lá. Cada vez que rezamos “bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus”, o inferno brama de ódio: eis a geração da Mulher que nos irá derrotar! Quando nós declaramos “Santa Maria” o inferno se contorce e uiva: perderemos a batalha! Quando nós dizemos “Mãe de Deus”, eles pensam e gemem: somos filhos das trevas! Quando enfim suplicamos “rogai por nós pecadores”, brada o abismo: e nós somos derrotados, por causa de nosso orgulho. Sim, todas as vezes que tal geração fala mal dessa mulher, torna-se estar gente nossa aliança para o abismo sem fim. Se pudéssemos amar, amaríamos uma pessoa que esqueceu a mãe do Verbo, mas estas serão mulas servindo ao próprio inferno. Sim, é esta mulher que é nosso terror para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...